segunda-feira, setembro 19, 2005

mistérios pequenos

O mistério da arte nasce ao inscrever no coração do homem tudo o que a vida sempre lhe revelou sem que ele soubesse como…. A arte nasce da solidão e é à solidão que se dirige, é o homem, a sós consigo, que bebe na arte tudo o que lhe é imprescindível para apagar a sede de perfeição… É através da arte que reconhece o belo, o mágico e a harmonia. É pela arte que surge a superação da alma, mesmo pelo que se criou para chocar e para ser feio. A beleza e a arte pertencem à imaginação e é pelo imaginário que possuímos o que não temos…

2 Comments:

Blogger jota said...

Bah. E a criação colectiva? Ser solitário na criação é sem dúvida muito poético, mas insuficiente para descrever a realidade.

10:26 da tarde  
Blogger dona do blog said...

Não concordo. Acho que a inspiração é íntima e pessoal,de facto a concretização pode ser colectiva, mas a ideia nasce do eu mais profundo, do ser no singular... sempre :)
É essa a minha visão, na criação, tal como na morte e no nascer, sempre a sós...

4:37 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home